Início » A ira de JK Rowling com astros de ‘Harry Potter’ que apoiam pessoas trans

A ira de JK Rowling com astros de ‘Harry Potter’ que apoiam pessoas trans

by Medicina Saúde
0 comment

Continua após publicidade

A escritora britânica J.K. Rowling, conhecida por ter criado a série de livros Harry Potter, se envolveu em uma nova polêmica nas redes sociais. Na noite de quarta-feira, 10, ela disparou críticas aos atores Daniel Radcliffe e Emma Watson, que viveram Harry Potter e Hermione Granger, respectivamente, nos filmes da saga. Rowling, que há tempos vem provocando a ira da comunidade LGBTQI+ com falas consideradas transfóbicas, sugeriu que não perdoará as estrelas pelos seus comentários em defesa de pessoas trans. 

Em seu perfil no X, antigo Twitter, a autora compartilhou um relatório da médica inglesa Hilary Cass, que critica os atuais tratamentos de transição de gênero para jovens. “Espero que Daniel [Radcliffe] e Emma [Watson] lhe deem um pedido público de desculpas, tenho certeza que você os perdoará”, comentou um internauta. 

Rowling respondeu: “Não sei [se os perdoarei], infelizmente. Celebridades que aderiram a um movimento que pretende erodir os direitos duramente conquistados pelas mulheres e que usaram as suas plataformas para aplaudir a transição de menores podem guardar as suas desculpas para os ‘destransicionários’ traumatizados e para as mulheres vulneráveis ​​que dependem de espaços do mesmo sexo”.

Em 2020, Radcliffe criticou a postura de Rowling em relação aos direitos de pessoas trans. “Mulheres trans são mulheres. Qualquer declaração contrária apaga a identidade e a dignidade das pessoas trans e vai contra todos os conselhos dados por associações profissionais de saúde que têm muito mais experiência neste assunto do que Jo [Rowling] ou eu”, afirmou o ator em uma nota publicada nas redes sociais. “De acordo com o Projeto Trevor, 78% dos jovens transgêneros e não binários relataram ter sido alvo de discriminação devido a sua identidade de gênero. Está claro que precisamos fazer mais para apoiar pessoas trans e não binárias, não invalidar suas identidades e não causar mais danos”, disse. No mesmo ano, Emma Watson reiterou a fala do colega em uma publicação no Twitter: “Pessoas trans são quem elas dizem que são e merecem viver as suas vidas sem serem constantemente questionadas ou ouvirem pessoas dizendo que não são quem elas dizem que são”, escreveu.

Continua após a publicidade

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

Tela Plana para novidades da TV e do streaming
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial

Fonte: Externa

You may also like

medicina saude logo

Descubra no Medicina Saúde as últimas notícias e avanços em saúde e medicina. Informação confiável ao seu alcance

Medicina Saúde – All Right Reserved. Designed and Developed by SkyRise